4 dicas para economizar na compra do material escolar

O mês de janeiro pode ser uma oportunidade de começar o ano economizando dinheiro. Para quem tem filhos, é nesse período que a taxa de rematrícula e compra de materiais escolares são solicitadas aos responsáveis. A lista de material escolar inclui todos os materiais que a criança precisará durante o ano letivo, e deve ser comprado com atenção para não gastar mais do que o necessário.

Fizemos uma lista com dicas para você economizar na compra do material escolar:

1. Faça um orçamento do dinheiro

Independente do que você estiver planejando comprar, o orçamento financeira é o primeiro passo para quem deseja economizar dinheiro. É no orçamaneto que você delimitará a quantia em dinheiro que você poderá gastar durante a sua compra sem comprometer outras responsabilidades e o seu bolso.
Antes de começar a comprar o material escolar, coloque em um papel o limite de dinheiro que será utilizado para gastar com materiais. Esse valor servirá como um norte para a escolha dos materiais.

2. Pesquise o preço em pelos menos 3 lojas diferentes

Comparar preços pode ser uma tarefa entediante, mas é essencial para quem quer encontrar os melhores preços. Dependendo da loja, o mesmo material escolar pode ter o preço até 30% mais baixo do que na outra. No fim, a soma de toda a quantia economizada em cada item da lista pode ser o que você precisa para pagar a rematrícula.
Na internet você pode buscar diferentes lojas e pesquisar os seus preços de forma rápida e acessível. Mas, as lojas físicas também devem ser pesquisadas, pois geralmente oferecem descontos quando o pagamento é a vista.

3. Dê prioridade aos materiais essenciais

Canetas brilhantes, borrachas de personagens infantis, e cadernos super divertidos podem deixar o seu filho empolgado, entretanto, se o seu orçamento estiver apertado, foque no que é necessário antes de fazer outras compras. Algum dos materiais escolares essenciais são lápis, borracha, caneta, caderno, tesoura, entre outros.

Vale lembrar que você também pode customizar o caderno de seu filho, por exemplo, ao invés de comprar um já pronto na loja. Essa pode ser uma alternativa para deixar o seu filho empolgado com o material, e gastar menos dinheiro.

4. Compre com antecedência

Não deixe para comprar o material escolar uma semana antes do início das aulas. O mais aconselhável é começar a comprar entre dezembro e começo de janeiro para evitar as filas imensas e os preços exorbitantes. A partir de janeiro os preços começam a aumentar, por isso quanto antes você comprar o material escolar, melhor para você.

Outro lado positivo em comprar o material com antecedência é o tempo disponível para fazer a pesquisa e comparação de preços com calma.