Sacar-dinheiro-esquecido

Como saber se você tem ‘dinheiro esquecido’ no banco

  • outubro 27, 2022
  • 4 minutos de leitura
  • Read Icon143 lido

Mais de 38 milhões de brasileiros possuem valores a receber, de acordo com o Banco Central do Brasil. Mas como saber se você tem ‘dinheiro esquecido’ no banco? Essa novidade que, agitou o mercado financeiro nas últimas semanas e fez muita gente se animar, realmente pode ter sido uma grata surpresa para quem precisa de uma grana extra. Descubra logo abaixo se você tem direito!

O ano de 2022 pode trazer um dinheiro extra para muita gente, isso porque o Banco Central comunicou que existem mais de R$27 bilhões em valores para serem recebidos pelos brasileiros e, muitos deles ainda não sabem. Esses recursos financeiros são provenientes de benefícios que não foram sacados, saldos positivos esquecidos em contas poupanças e cotas do PIS/PASEP, por exemplo, que ainda estão guardados nas instituições bancárias. 

Mas para saber se tem dinheiro esquecido ou mesmo pode sacar algum valor extra, primeiro o usuário deve acessar a página disponibilizada pelo Banco Central, especialmente para atender e orientar os brasileiros.

De onde vem o dinheiro esquecido

Antes de explicar de onde vem esse dinheiro ‘esquecido’ nas instituições bancárias, vale ressaltar que o benefício do resgate de valores se aplica tanto às pessoas físicas como jurídicas e será dividido em partes pela instituição. Ainda, segundo o BC, serão liberados inicialmente cerca de R$4 bilhões que podem ser resgatados por aproximadamente 26 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de pessoas jurídicas. 

Na primeira fase da devolução, que já pode ser consultada e agendada, o chamado dinheiro esquecido é referente a: 

  • Contas bancárias, corrente ou poupança, que foram encerradas com saldo disponível e não retirado;
  • Algumas parcelas ou tarifas correspondentes a operações de crédito e que possam ter sido cobradas indevidamente pelo banco;
  • Cotas de capital e rateio de sobras de beneficiários de cooperativas de crédito;
  • Valores disponíveis e ‘abandonados’ que estão relacionados a grupos de consórcio. 

O valor médio a ser devolvido é de R$ 142,85 por pessoa ou empresa, segundo estimativas do Banco Central.

Cuidado com os golpes 

Aqui, deixamos um alerta! Cuidado com os golpes do ‘dinheiro esquecido’. Algumas pessoas mal intencionadas tem usado o pretexto deste beneficio para enganar os cidadãos. Por isso, muita atenção ao utilizar a internet para consultar os valores. 

Não acredite em mensagens de WhatsApp, SMS, Telegram ou e-mails que ofereçam qualquer tipo de ajuda para resgatar o dinheiro do banco ou mesmo adiantar parcelas. Nunca forneça seus dados a desconhecidos e procure sempre os canais oficiais do governo para realizar a consulta. Ainda, evite clicar em links desconhecidos e fornecer informações pessoais ou bancárias. 

Para evitar qualquer tipo de manobra ilegal e também depois da instabilidade do sistema nos primeiros dias de liberação, o BC lançou uma página própria para consultar informações sobre o dinheiro que pode estar inativo em alguma conta bancária. 

Como consultar o dinheiro esquecido no banco 

Para realizar a consultar e saber se tem valores a receber, os cidadãos devem seguir os passos abaixo e consultar a página do Banco Central:

  • Acesse o site https://valoresareceber.bcb.gov.br
  • O cliente vai precisar do documento de identificação para consultar a existência de dinheiro. Neste caso, o CPF funciona para pessoas físicas e o CNPJ para jurídicas
  • Ao preencher os dados, a página oficial do BCB informará uma data para consultar os possíveis valores também realizar o saque. Não se esqueça de anotar a data, pois você terá que retornar à pagina neste período
  • Na data, retorne à página oficial https://valoresareceber.bcb.gov.br
  • Use o seu login no sistema https://www.gov.br/pt-br para acessar (caso você tenha cadastro, terá que realizar o cadastro prévio)
  • Após o acesso, consulte os valores e solicite a transferência para a sua conta destino
  • Agora é só escolher a melhor maneira de investir do seu dinheiro extra! 

Importante ressaltar que caso o usuário não estiver apto para receber neste momento, poderá refazer a consulta a partir do dia 2 de maio, quando iniciará uma nova fase de saldos esquecidos. 

Receber dinheiro do PIS-PASEP 2022

E como fica o dinheiro do PIS-PASEP em 2022? Afinal, são mais de 10 milhões de brasileiros que ainda não foram buscar os valores do Fundo, que estão liberados desde agosto de 2019. Um detalhe importante é que a liberação destes valores não teve limitação de faixa de idade, então você pode ter dinheiro parado no banco e nem saber disso. De acordo com informações da Caixa Econômica federal, existem mais de R$23 bilhões que ainda não foram sacados pelos trabalhadores. 

E quem tem direito à esses valores parados? Os que trabalharam com carteira assinada entre 1971 e 4 de outubro de 1988, sendo eles do setor privado ou funcionários públicos. Herdeiros também poderão realizar o saque do PIS-PASEP, ao comprovarem o direito de sucessão ou herança. O prazo, ainda de acordo com as informações do governo, é até 1º de junho de 2025. 

Então fique ligado pois, se você perder o prazo para retirar esses valores, eles serão considerados como ‘dinheiro abandonado’ e passarão a ser de propriedade da União. 

Não deixe de compartilhar essa boa notícia sobre valores esquecidos no banco com seus amigos e nas redes sociais! Se ficou alguma dúvida, deixe seu comentário logo abaixo!

Esse artigo foi útil?

Seja o primeiro a dar feedback

Advogada, especialista em gestão de negócios pela FGV. Atualmente cursando Pós Graduação em Finanças, Investimentos e Banking pela PUC.

Compartilhe em
Read Icon143 lido

Explore nossas seções