• Inicial
  • Economia
  • Caixa Econômica reduz juros para financiamento imobiliário

Caixa Econômica reduz juros para financiamento imobiliário

No dia 16 desse mês, a Caixa Econômica Federal anunciou a diminuição da taxa de juros cobrada do financiamento imobiliário. Essa redução da taxa de juros é a primeira desde novembro de 2016, ou seja, há mais de um ano. As novas taxas de juros estão valendo nos financiamentos imobiliários feitos a partir do anúncio do banco.

Menores taxas de juros

A nova taxa de juros incide para quem financiar imóvel usando recursos do SBPE, Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo. A partir da redução feita pela Caixa, a taxa mínima de imóveis na linha do SBPE é de 9% ao ano para imóveis de até R$800 mil reais ao redor do país. A exceção a regra são os imóveis localizados no Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, em que o valor financiado pode chegar até R$950 mil reais.

Esse corte na taxa de juros foi de 1,25 pontos percentuais para o SBPE. Antes dessa alteração, a taxa de juros cobrada era de 10,25% ao ano para imóveis na linha SBPE. Enquanto, os imóveis acima dos valores estabelecidos no demais estados do país chegava a 11,25% ao ano. Hoje em dia, imóveis acima dos valores citado anteriormente, incidem a taxa de juros de 10% ao ano.

Aumento no crédito concedido

Além do corte das taxas de juros, a Caixa também aumentou o valor do financiamento do imóvel. Antes dessa alteração, a Caixa apenas financiava até 50% do valor do imóvel, agora é possível obter um financiamento de até 70%. O aumento do valor de crédito oferecido amplia as escolhas de quem quer comprar a casa própria, não mais precisando rejeitar opções um poucos mais onerosas.

Instabilidade da Caixa em 2017

Assim como citamos anteriormente, a Caixa diminuiu a taxa de juros apenas uma única vez em novembro de 2016. Com a sua taxa de juros acima de 10%, nos meses passados, a Caixa perdeu a sua liderança no ranking de financiamento de imóvel. A Caixa era o único banco a manter taxas de juros superiores a 10% dentre os outros 4 principais bancos do Brasil – Santander, Itaú, Bradesco e Banco do Brasil

No ano passado, a Caixa teve uma queda da metade de concessão de créditos para financiamento, em comparação com o ano de 2014, quando o lucro chegou a R$ 7,1 bilhões. O que demonstra que a resseção econômica do país nos anos anteriores teve uma forte influencia na queda dos lucros e, em consequência, no volume de concessão de empréstimo.

Vale lembrar que a Caixa havia suspendido a linha de financiamento de imóveis Pró Cotista, a mais barata com exceção da “Minha Casa e Minha Vida”. Essa linha financia imóveis no valor de até 1,5 milhões de reais, e foi restabelecida em janeiro desse ano. O mesmo aconteceu com o teto para financiamento, que havia sido reduzido de 70% para 50% no final do ano passado, mas foi restabelecido esse ano.

A previsão para 2018, no entanto, é boa e distante da instabilidade dos anos passado.A esperada melhora na economia torna o momento propício para financer um imóvel. No momento atual, a taxa de juros cobrada no financiamento imobiliário está próxima à taxa Selic, 6,5% ao ano.

Quais são os financiamentos com menores taxas de juros?

Atualmente, a Caixa Econômica Federal voltou a liderar o ranking de taxa de juros mais baixa no financiamento de imóvel. De acordo com o Banco Central do Brasil, no dia 24 de abril de 2018, os bancos com as menores taxa de juros, depois da Caixa, são: Banco do Brasil, Banco Santander, Banco Bradesco e, o mais oneroso de todos, Banco Itaú.

Financer privacy settings

With using financer.com you acknowledge our terms and conditions as well as our data privacy policy. We use Cookies to analyze and track the usage of our website in order to improve our services. Certain Cookies require your active consent in order for us to collect this data. You can inform yourself about the third-party-services we use as well as withdraw your consent anytime in our Cookie-Settings.

Facebook Marketing

SEO Solutions Ltd. (we) as the provider of the website financer.com is using the Facebook-Pixel to promote our content and services to our visitors on Facebook as well as track the results from these marketing activities. This data is anonymised for us and serves for statistical purposes only. Facebook can connect the data collected from the Facebook Pixel with your Facebook profile (Name, E-mail, etc.) and use this for its own advertising purposes. you can view and control the data Facebook is collecting about your Facebook privacy settings.