Como consultar se o seu nome está sujo

As notícias recentes mostram que os brasileiros estão se tornando a cada dia mais endividados e, consequentemente, com o famoso “nome sujo”. A consequência de ter o nome sujo afeta negativamente a aquisição de bens e serviços, uma vez que a liberação de crédito se torna difícil, e os juros cobrados cada vez mais altos pelo risco do consumidor não honrar o pagamento.

A inadimplência no pagamento de um serviço ou produto, autoriza a empresa a pedir a inclusão do nome do devedor na lista de órgãos de proteção ao crédito, como o SPC, SCPC e Serasa. A partir dessa solicitação, o órgão entra em contato com o devedor, através de uma carta, para que este pague ou renegocie a dívida com o credor em até 10 dias, sob pena de ficar com o nome negativado.

Em tese, se o seu nome está sujo, você deve ser comunicado anteriormente, nos moldes descritos acima. Mas, talvez, você ainda esteja em dúvida se o seu nome está negativado ou não. Logo abaixo, descreveremos como você pode saber se o seu nome está sujo de forma fácil e simples.

Notificação pelo SPC, SCPC e Serasa

Assim como mencionamos anteriormente, a lei estabelece que o consumidor deve receber uma carta de comunicação do órgão de restrição de crédito antes que o seu CPF seja cadastrado na lista de devedores. Em outras palavras, o consumidor tem o direito legalmente reconhecido de ser comunidado sobre a inclusão de seu nome nos órgãos de proteção de crédito.

Como é feita a notificação que o seu nome está sujo?

A carta de comunicado é enviada para o endereço do consumidor cadastrado na empresa credora. Basicamente, a carta expõe o prazo do devededor para que ele resolva a situação junto com o credor, pagamento o valor integralda dívida ou renegociando a dívida. O prazo começa a contar a partir da data de postagem , e é de 10 dias corridos. Quando for realizada a divida, a instituição credora deve solicitar a baixa do CPF do consumidor do banco de dados, tornando o nome limpo novamente.

Notificação prévia de inclusão do nome no SPC, Serasa ou SCPC

A comunicação prévia da inclusão do nome em órgãos de proteção ao crédito é uma forma de proteção ao consumidor, uma vez que o impacto desse ato gera consequências negativas em sua vida. A antecedência do aviso possibilita que o consumidor evite o prejuízo de ficar com o nome negativo, tomando medidas para que isto não aconteça, para que pague ou renogocie o valor da dívida, ou até mesmo para que possa se defender de uma cobrança de uma dívida já quitada ou inexistente.

Por isso, a notificação do nome na lista de devedores deve ser sempre realizada com antecedência. Isto significa, que o consumidor deve receber uma aviso prévio, sob pena de ser considerado um ato ilegal. A ausência de comunicação do devedor de seu nome em cadastro restritivo enseja indenização por danos morais, uma vez que o consumidor pode passar por constrangimentos e prejuízo em sua vida por causa desse ato.

Como consultar no Boa Vista SCPC

A Boa Vista SCPC apesar de ser menos conhecido entre os consumidores do que a empresa SPC e Serasa, também oferece a possibilidade do cidadão verificar se o seu nome está sujo em seu cadastro gratuitamente e online. Com mais de 130 milhões cadastradas em seu banco de dados, você pode checar a situação de seu CPF totalmente de graça, de forma simples e fácil.

É possível consultar no Boa Vista SCPC online ou presencialmente, ambos gratuitamente:

Através da internet:

Para consultar o seu nome no Boa Vista SCPC, primeiramente você deve entrar no site www.consumidorpositivo.com.br através de seu navegador de internet, e fazer o seu cadastro no site. Preencha os campos com o seu CPF, nome completo, nome de sua mãe, data de nascimento, numero de celular, CEP, email e senha.

É importante que você digite o numéro de celular correto, uma vez que será enviado um código para o seu celular. E, além disso, o nome de sua mãe deve ser o mesmo que consta em seu perfil na Receita Federal, pois de modo contrário você não conseguirá prosseguir com o cadastro no site. Certifique-se de preencher todas as informações com atenção e verifique duas vezes.

Após isso, você receberá uma mensagem no celular e no email para ativar a sua conta. Em seguida, com a sua conta já ativada, você deve clicar em “consulta gratuita no CPF”, localizado na área superior do site. Se você estiver com alguma dívida cadastrada em seu nome, o site mostrará também a empresa credora, sendo possível verificar todos os detalhes pertinentes ao seu débito.

Presencialmente:

Se você prefere ser atendido presencialmente ao invés de utilizar o site, também é possível que você consulte se o seu nome está sujo em um dos postos de atendimento do Boa Vista SCPC. É necessário apenas comparecer no posto de atendimento de sua preferência com o CPF e um documento de identificação com foto.

Como consultar no SPC Brasil

A SPC Brasil é uma empresa focada em conceder informações de crédito de pessoas físicas e jurídicas, auxiliando a análise de empresas na concessão ao crédito para consumidores. Atuando no mercado há mais de 22 anos, atualmente a SPC Brasil é considerada o mais completo banco de dados na América Latina com mais de 1,2 milhões de empresas utilizando os seus serviços.

No SPC Brasil a consulta presencial é gratuita, mas a online é cobrada. Vejamos:

Através da internet:

Infelizmente, os consumidores apenas podem consultar a situação de seu CPF na internet mediante pagamento. No mínimo é cobrado o valor de R$9,90 de crédito para consulta do CPF na loja do site. A consulta do CPF fornece acesso aos dados cadastrais inadimplências SPC, protestos, telefones, endereços, e consultas realizadas ao dados nos últimos 180 dias. Além disso, apenas é possível verificar a situação de seu próprio CPF, como pessoa física, ou seja, não é permitido verificar os dados de terceiros.

Na loja também é oferecida outras opções adicionais, que também são cobradas para o consumidor. A restrição serasa tem objetivo de verificar restrições constantes no banco de dados da Serasa, sob o valor de R$7,48. Para saber se há alguma ação de execução, busca e apreensão de bens ou execução fiscal, por mais R$8,23 é possível comprar “ação”. Há também outras opções como telefones adicionais e participação em empresas.

Presencialmente:

A consulta de seu nome em um dos pontos de atendimento é totalmente gratuita. Basta escolher um dos pontos de atendimentos mais próximo de você (informação que pode ser consultada através do site), e apresentar o seu CPF documento com foto no balcão de atendimento. Na mesma hora, você saberá se o seu nome está sujo, bem como terá em mãos a certidão com as informações do banco de dados.

Cadastro Positivo:

O cadastro positivo SPC é um banco de dados com o histórico financeiro da pessoa física ou jurídica. Em seu registro é constatada tods as operações de crédito, incluindo os pagamentos em andamento e já quitados. O objetivo do Cadastro Positivo SPC é facilitar a concessão de financiamento/empréstimos, bem como a incidência de juros mais baixos para o consumidor.

Para fazer parte do Cadastro Positivo, o consumidor deve ser maior de 18 anos ou emancipado, e autorizar a abertura de seu Cadastro Positivo, por meio do preenchimento de seus dados e assinatura do termo de adesão. A partir de então, o Cadastro Positivo coletará em seu histórico todos os pagamentos presentes e futuros do consumidor. O histórico financeiro poderá ser utilizado na análise para concessão ao crédito.

Como consultar no Serasa

A Serasa Experian, mais conhecida como Serasa, é uma das empresas de proteção ao crédito mais popular no Brasil, com abrangência em todos os continentes. Criada pela Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) nos anos 60, foi vendida para o grupo irlandês Experian em 2007, motivo pela qual o seu nome mudou para Serasa Experian.

Escolha uma das formas para consultar o seu CPF no Serasa:

Através da internet:

Poucas pessoas sabem da novidade, mas desde o ano passado é possível consultar se há alguma pendência financeira em seu CPF no Serasa online e 100% grátis. O consumidor pode fazer a consulta tanto por meio de seu site www.serasaconsumidor.com.br ou através de seu aplicativo “Serasa Consumidor”.

Na parte superior do site, digite o seu CPF no campo em branco, abaixo da frase “Consulte seu CPF. É rápido, seguro e discreto” e, em seguida, clique em “consultar”. Para prosseguir a consulta de seu CPF, você deverá fazer o cadastro no site. As informações que devem ser preenchidas são apenas o seu nome completo, nome completo da mãe, celular, data de nascimento, email e senha. Todos os campos são obrigatórios de serem preenchidos.

É primordial que você digite um número de celular e de email válidos, e que possam ser acessados por você. Para garantir que apenas o próprio consumidor está acessando os seus dados no Serasa, após o cadastro inicial é necessário passar por um processo de validação, no qual será enviado um código de validação por SMS ao celular. Esse processo de autenticação apenas acontece uma única vez, no primeiro acesso.

Após a validação de seu cadastro, o site mostrará se o seu CPF está com o status de negativado no banco de dados. No caso de seu nome estar negativado, é demonstrado qual a dívida que fez com que o seu nome ficasse sujo como, por exemplo, débito de banco, água, luz, serviço de telefonia, entre outros. Também é oferecido informações do credor do débito, como o seu telefone, endereço, site e email, o que facilita o contato direto do consumidor com o credor. E, por fim, também é demonstrado o valor atual da dívida e a data de vencimento do débito.

Presencialmente:

É possível que qualquer brasileiro consulte o se nome no Serasa gratuitamente, em qualquer uma de suas agências SerasaConsumidor espalhadas ao redor do país. É necessário ter em mãos o seu RG, Carteira de Trabalho e Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ambos originais. Tenha em mente, no entanto, que apenas o titula do CPF pode solicitar a consulta de sua situação.

Por meio de carta:

Se você mora em uma região distante das agências SerasaConsumidor, uma outra alternativa para consultar o seu gratuitamente é por meio de carta. A carta poderá ser escrita a mão ou impressa, devendo conter o número do CPF e RG, bem como uma cópia de cada documento, sua assinatura com firma reconhecida pelo cartório, e endereço completo para que a carta seja respondida. A carta deve ser enviada para o endereço Rua Episcopal, 2005 – CEP 13560-000 – Centro – São Carlos – SP. Assim como mencionamos anteriormente, apenas o titular do CPF pode requerer a sua consulta.

Gratuidade na consulta do CPF

Segundo o Código de Defesa do Consultar (CDC), o consumidor tem o direito de consultar gratuitamente se o seu nome consta em cadastro de órgãos de proteção ao crédito. Ou seja, é considerado ilegal a recusa de informar ao consultar a sua situação em seus dados. Tanto a consulta e a certidão devem ser disponibilizadas gratuitamente. Entretanto, a lei é omissa acerca da consulta gratuita através da internet, o qual é o motivo de algumas empresas cobrarem valores pela consulta do nome na internet.

  • Na hipótese do órgão cobrar o consumidor para consultar o seu CPF e/ou emitir a certidão, o consumidor deve denunciar o fato ao Procon ou ao Ministério Público.

Estou com o nome sujo, e agora ?

Descobrir que o nosso nome consta na lista de devedores em órgãos de proteção ao crédito não é uma das melhores notícias. Mas, você deve saber que qualquer dívida caduca no prazo de 5 anos, ou seja, o credor não pode utilizar os meios legais para cobrar a dívida de você, em consequência, o seu CPF também deve ser retirado do cadastro de débitos financeiros. Em outras palavras, após o prazo de 5 anos, o seu nome fica “limpo” novamente.

Entretanto, não é vantajoso esperar 5 anos para que o seu nome fique limpo novamente. Ter o nome sujo é considerado um fator de alto risco de inadimplência para as empresas. Isso pode afastar o seu sonho de financiar a casa própria, conseguir um empréstimo para fazer a reforma da casa, ou até mesmo fazer uma compra em parcelas. Imagine o impacto de não ter acesso à essas opções financeiras durante 5 anos. É um longo prazo, não é mesmo?

Antes das empresas concederem qualquer serviço financeiro, como cheques, créditos, empréstimo, financiamento, cartões, entre outros, é feita a análise do histórico financeiro do consumidor. Quando é constatado que o consumidor está com o nome sujo,automaticamente a maioria das empresas negam a concessão de crédito. E, na hipótese de concederem crédito, elas fazem incidir juros altíssimos para o cliente, por conta do alto risco de inadimplência.

A única forma de limpar o nome sem esperar 5 anos passarem, é pagar a dívida! Ainda que você não tenha dinheiro suficiente para fazer o pagamento, é possível que você entre em contato com o setor financeiro da empresa e tente renegociar a dívida, por exemplo. Também é uma alternativa fazer um empréstimo para pagar a dívida no prazo de 10 dias, antes que o seu nome seja efetivamente incluído no cadastro do órgão de proteção ao crédito. Nós fizemos um artigo apenas sobre como limpar o nome no SPC, Serasa, SCPC, clique aqui.

Cuidado com as fraudes

Não tente consultar o registro de seu CPF em anúncios publicados na internet em banners ou e-mails. É comum golpes em que os criminosos prometem consultarem gratuitamente o CPF do consumidor, mas é apenas uma forma de roubarem as suas informações pessoais para utilizarem em fraudes.

Apenas faça a consulta de seu CPF diretamente nos sites ou ponto de atendimento nas empresas mencionadas acima. Para redobrar o cuidado com as suas informações pessoais, digite o endereço em seu navegado, ao invés de clicar em links do google ou de emails. Também verifique se há um símbolo de cadeado verde no navegador, ao lado do endereço do site, para saber se as informações estão protegidas e seguranças.

Financer privacy settings

With using financer.com you acknowledge our terms and conditions as well as our data privacy policy. We use Cookies to analyze and track the usage of our website in order to improve our services. Certain Cookies require your active consent in order for us to collect this data. You can inform yourself about the third-party-services we use as well as withdraw your consent anytime in our Cookie-Settings.

Facebook Marketing

SEO Solutions Ltd. (we) as the provider of the website financer.com is using the Facebook-Pixel to promote our content and services to our visitors on Facebook as well as track the results from these marketing activities. This data is anonymised for us and serves for statistical purposes only. Facebook can connect the data collected from the Facebook Pixel with your Facebook profile (Name, E-mail, etc.) and use this for its own advertising purposes. you can view and control the data Facebook is collecting about your Facebook privacy settings.