Como limpar seu nome no Serasa, SPC e SCPC

Em tempos de inflação alta, o preço dos produtos e serviços ficam às alturas, o que pode causar o endividamento de muitas famílias. Fazer o orçamento mensal com todas as despesas diminuem as chances de ser supreendido no final do mês, mas ainda é possível que as dívidas ultrapassem o salário quando preços aumentos e gastos com emergência acontecem.

Não ter dinheiro suficiente para pagar todas as contas no final do mês pode acontecer com qualquer pessoa. Entretanto, quando você não tem dinheiro suficiente para fazer o pagamento e, por conta disso, o atraso é muito longo, você receberá uma carta avisando que seu nome ficará sujo caso não realize o pagamento em até 10 dias.

A inscrição do CPF na lista de inadimplentes do SPC, Serasa ou SCPC dificulta compras em parcelas no cartão de crédito, solicitar empréstimos e financiamento, o que pode causar uma grande dor de cabeça em seu dia-a-dia. Entretanto, de acordo com a lei de proteção ao consumidor, o seu nome apenas pode ficar sujo após prévia notificação esclarecendo essa possibilidade caso você não pague a dívida.

Se você recebeu esse aviso da empresa contratada, não se despere ainda! O seu CPF ainda não está inscrito na lista de inadimplentes. Você ainda pode tomar atitudes para evitar que o seu nome fique sujo na praça e sair da dívida. Aqui estão algumas alternativas para você limpar o seu nome:

1. Pagar integralmente o valor à vista

Antes de seu CPF ser incluído na lista de inadimplentes do SPC ou Serasa, você ainda tem um prazo de 10 dias para efetuar o pagamento. Sendo realizado o pagamento do montante estabelecido dentro desse prazo, o seu nome não poderá ser incluído na lista de negativados, sendo uma boa alternativa para prevenir que o seu nome fique sujo.

Entretanto, caso você não tenha efetuado o pagamento nessa data e seu nome já tenha sido negativado, você ainda pode realizar o pagamento integral da dívida. Na maioria dos casos, a dificuldade financeira não muda em poucos dias, devendo ser levado em consideração a solicitação de um empréstimo pessoal para negativados para limpar o seu nome com o dinheiro.

Após efetuado o pagamento integral da dívida, o seu nome deverá ser excluído do cadastros de negativos do SPC ou Serasa imediatamente. A dívida entre você e o credor se torna extinta com o cumprimento da obrigação, não sendo mais justificável o seu nome continuar sujo. Por isso, o credor tem o prazo legal de até 5 dias para retirar o seu nome da lista de inadimplentes.

2. Negociar a dívida e pagar em parcelas

Dependendo do valor da dívida, você talvez não consiga pagar ela integralmente, ainda que solicite um empréstimo rápido e fácil. Nesta situação, você pode tentar renegociar a dívida com a empresa. Essa é uma ótima alternativa para limpar o seu nome rápido, se livrando dos efeitos negativos de ter o nome sujo.

A maioria das empresas aceitam a proposta de renegociação, pois também é do interesse delas que você consiga pagar a dívida também. Afinal, o não pagamento de seus produtos ou serviços, significa prejuízo na economia da empresa. Para isso, basta procurar o setor financeiro da empresa para discutir sobre as possibilidades e condições do renegociamento da dívida.

Ao renegociar a dívida com a empresa, você estará concordando com novas condições e formas de pagamento. Isso significa que você ainda estará pendente com a empresa, mas não mais por conta da dívida anterior. É importante que você fique atento às taxas de juros incluídas na nova dívida para que não se torne ainda mais endividado.

Dessa forma, quando você realizar o pagamento da primeira parcela referente ao novo acordo, a dívida antiga se torna extinta e, consequentemente, o seu nome deverá ser excluído do cadastro de negativados do SPC ou Serasa imediatamente. O prazo da empresa é de 5 dias para limpar o seu nome após o pagamento da primeira parcela.

3. Após o decurso de 5 anos

Você deve estar se perguntando o que acontece se você simplemente não pagar a dívida, seja por escolha própria ou por falta de alternativa.

Nessa circunstância, você ficará com o nome sujo durante 5 anos e, após esse período, o seu nome deve ser retirado do cadastro de negativados. Esse prazo de 05 anos começa a contar a partir do momento que a pessoa deveria ter efetuado o pagamento e não da data em que teve o seu nome cadastrado no SPC ou Serasa.

A nossa legislação não prevê a possibilidade de dívida eterna, sendo estabelecido como prazo máximo de exigência apenas 05 anos. Após esse período de 05 anos, o credor não pode mais reclamar o pagamento da dívida ao endividado. O pagamento de qualquer dívida após esse período apenas é possível se a parte quiser por livre vontade pagar.

Embora que à primeira vista pareça vantajoso não pagar a dívida, a verdade é que 05 anos demoram a passar. Durante esse período os seus planos ou objetivos de vida podem mudar, mas o fato de você estar com o nome sujo, não. O que pode atrasar ou complicar a realização de sonhos como, como o financiamento de carro, da casa própria, reformas em sua casa, etc. Por isso, limpar o nome após 05 anos deve ser evitado sempre que possível.

Tenha em mente que ter o nome sujo dificulta a realização de muitas atividades corriqueiras de nossa vida, como comprar um produto parcelado, pegar um empréstimo, conseguri um financiamento. Quando o nome está cadastrado no SPC ou Serasa, os credores entendem como arriscado aceitar um pagamento futuro de um consumidor inadimplente e, por isso, apenas aceitam pagamentos à vista.

4. Processo judicial

Infelizmente, muitos consumidores já tiveram a experiência desagradável de serem surpreendidos com uma nova cobrança de um pagamento já efetuado ou até mesmo a cobrança por um serviço ou produto sequer solicitado. E, por conta dessa falha da empresa, o nome se torna sujo.

Nessa situação em particular, o consumidor pode juntar os comprovantes de pagamento do serviço ou produto, e levar imediatamente perante a empresa. A maioria das empresas para evitarem uma demanda judicial em que sairiam perdedoras, não medem esforços para se remediarem e tirarem o seu nome da lista de negativados o mais rápido possível.

Hipóteses em que você pode recorrer à uma demanada judicial:

  • Se você foi cobrado por um produto ou serviço que não foi pedido, você pode tentar entrar em contato com a empresa para avisar do engano. Entretanto, se nada for feito, você deve entrar com uma ação na justiça.
  • Se você pagou por um produto ou serviço, mas ainda consta a sua inadimplência. Novamente, você deve entrar em contato com o departamento de cobrança e explicar a sua situação. Entretanto, caso não alterem o seu status, é causa de demanada judicial.
  • Se uma empresa desconhecida ou os atendentes solicitarem pagamento para agilizarem a retirada do seu nome do cadastro do SPC e Serasa, trata-se de um golpe. É recomendado que você faça um boletim de ocorrência em uma delegacia.

Independente da situação, você tem o direito de ter o seu nome retirado do cadastro de restrição de crédito e ainda receber pagamento de danos morais por todos os prejuízos e aborrecimentos que você teve que passar por conta disso. Nesse caso, você deverá recorrer a justiça com o auxilio de um advogado para o seu nome ficar limpo imediatamente e que a empresa seja sentenciada a pagar danos morais pelo erro cometido.

Mito ou verdade: Limpar o nome sem pagar a dívida

Sabe aquela proposta tentadora que você leu na internet ou em um panfleto de limpar o seu nome do SPC ou Serasa sem pagar a dívida? Se você ficou interessado nessa solução rápida e fácil, dê um passa para trás e desconfie – trata-se de um golpe de criminosos.

Você apenas pode limpar o seu nome através do pagamento da dívida, seja à vista ou renegociando o pagamento com o credor. É ainda possível, como mencionamos, esperar 05 anos para ter o nome limpo novamente ou, em casos muito específicos, através de setença judicia. Fora as hipóteses abordadas nesse artigo, não há como limpar o seu nome.

A mistura de desespero e falta de informação faz com que muitas pessoas caiam no golpe do “limpar o nome do SPC ou Serasa sem pagar dívida”. Não é atoa que esse golpe ainda existe, e facilmente você pode encontrar uma dessas soluções “rápidas” na internet ou na rua. Frequentemente, você é induzido por alguém que demonstra credibilidade e com ótimos argumentos para você confiar.

O golpe funciona com o criminoso pedido um valor pelo seus serviços para reabilitação de crédito sem o pagamento da dívida. Após a pessoa fazer o pagamento para o criminoso, ele simplesmente some sem explicação alguma. Outras vezes, ele oferece cartilhas com informações básicas sobre como funciona a restrição de crédito. E, em alguns casos, oferecimento de advogados para induzir a justiça à erro.

A situação mais grave acontece quando o consumidor aceita o serviço do “advogado” para mentir perante autoridades públicas sobre o desconhecimento da dívida responsável pela inclusão do nome na lista .O estelionatário pede para o consumidor fazer um boletim de ocorrência falso, além de seus documentos para discutir a questão em processo judicial, o que constitui crime grave de falsidade ideológica.

Portanto, desconfie e não aceite qualquer proposta que promete limpar o seu nome sem o pagamento da dívida. Esses golpes não apenas dão mais prejuízo para os cidadãos, mas também podem incentivar pessoas do bem à comenterem crimes graves por falta de conhecimento e informação.

Financer privacy settings

With using financer.com you acknowledge our terms and conditions as well as our data privacy policy. We use Cookies to analyze and track the usage of our website in order to improve our services. Certain Cookies require your active consent in order for us to collect this data. You can inform yourself about the third-party-services we use as well as withdraw your consent anytime in our Cookie-Settings.

Facebook Marketing

SEO Solutions Ltd. (we) as the provider of the website financer.com is using the Facebook-Pixel to promote our content and services to our visitors on Facebook as well as track the results from these marketing activities. This data is anonymised for us and serves for statistical purposes only. Facebook can connect the data collected from the Facebook Pixel with your Facebook profile (Name, E-mail, etc.) and use this for its own advertising purposes. you can view and control the data Facebook is collecting about your Facebook privacy settings.