Como preencher um cheque

Cheque é uma forma de pagamento à vista muito popular entre as pessoas por conta de sua versatilidade. Qualquer pessoa que tenha uma conta bancária pode começar a utilizar cheques ao invés de dinheiro em espécie. Entretanto, é necessária algumas precauções na hora de preencher o cheque.

É através do preenchimento do talão de cheque que você colocará as informações essenciais para que o cheque cumpra sua função de pagamento, como a titularidade do cheque, o seu valor, e o tempo de pagamento. Por isso, é importante preencher o cheque corretamente para evitar fraudes, bem como a recusa do cheque no banco.

É aconselhável que tanto quem esteja emitindo o cheque, ou seja, efetuando o pagamento com um talão de cheque ao invés de dinheiro ou cartão de crédito, como quem esteja recebendo o cheque, saibam como preencher um cheque. Afinal, aceitar ou oferecer um cheque incorretamente preenchido pode ser um grande prejuízo para ambos os casos.

Passo-a-passo de como preencher cheque:

1. Preencher a quantia do cheque

Na parte superior há um espaço para você preencher o valor do pagamento do cheque em expressão númerica. Esse espaço a ser preenchido prescede do símbolo de real “R$”.

Para aumentar a sua segurança e impedir que alguém altere o valor do pagamento adicionando números, é recomendável que você escreva jogo da velha antes e depois de preencher o valor.

Por exemplo, vamos supor que você deseja pagar o valor de R$500 em cheque ao realizar uma compra. Você deverá preencher no espaço superior após o símbolo R$ esse valor da seguinte forma: #R$500,00#, assim como mostrado no nosso cheque.

2. Preencher a quantia por extenso

Após determinar o valor do cheque em números, você deverá REPETIR o valor do pagamento por extenso. Logo à baixo haverá um espaço destinado para que você escreva a quantia do cheque.

É necessário atenção no preenchimento da quantia de extenso do valor, uma vez que o cheque não é compensado quando a quantia por extenso está diferente da quantia numérica estabelecida à cima.

  • Repetir o valor numérico: Outra técnica que você também pode utilizar é de repetir o valor númerico com o símbolo de real e, logo após, escrever a quantia por extenso. Por exemplo, “(R$500,00) Quinhentos Reais ————————–“
  • Riscar o restante da linha: Também é necessário que você utilize táticas para evitar a rasura do valor de pagamento escrito. Há diversas táticas, uma delas é escrever a quantia por extenso entre parentêses e riscar todo espaço restante da linha, como em nosso exemplo.

3. Preencher o campo nominativo

O espaço destinado para o preenchimento da quantia por extenso termina com a palavra “à”, a qual antecede o espaço para você determinar para quem é o pagamento do cheque. É após “à” que você escrever por extenso o nome da pessoa ou loja que será o destinatário do seu cheque.

Ao preencher o nome da pessoa física ou jurídica, é importante que seja escrito o nome completo. Em nosso cheque o beneficiário foi: “a Joaquina Financer da Silva”. Se fosse escrito apenas “Joaquina”, qualquer pessoa com esse nome poderia quitar o débito com o emissor do cheque para efeitos legais.

Vale lembrar que o campo nominativo não é obrigatório de ser preenchido, apenas quando o valor do cheque ultrapassar R$100 é necessário para ser devidamente compensado.

4. Preencher a cidade e data

Agora você deverá escrever a cidade de onde você mora ou do local de sua agência bancária, e a data da emissão do cheque. O espaço para ser preenchido é parecido com este: (____, _____ de ______, )))) ). Primeiro você deve escrever a cidade, depois dia, mês, e ano.

Em nossa exemplo, o emissor do cheque mora na cidade do Rio de Janeiro e emitiu o cheque como forma de pagamento no dia 01 de janeiro de 2017. Portanto, o preenchimento correto é: Rio de Janeiro, 01 de janeiro, 2017.

Não é obrigatório o preenchimento da cidade no cheque na hipótese de depósito, no entanto em caso de litígio judicial o local escrito no cheque determinará a competência da vara judiciária, ou seja, o juiz da localidade.

5. Assinar o cheque

Por fim, o último passo é assinar o cheque em seu nome no espaço destinado para assinatura localizado na parte inferior do cheque. Apesar de parecer a etapa mais simples, é também necessário tomar algumas precauções de segurança.

Embora você possa colocar a sua assinatura na forma de rubrica, é mais recomendável que você escreva o seu nome completo com letra legível assim como está em sua carteira de identidade, uma vez que isso dificulta a falsificação de sua assinatura.

Cheque cruzado e nominal: maior segurança

Nós aconselhamos que você dê preferência a cheques cruzados e nominais como forma de pagamento para evitar incovenientes e supresas desagradáveis. Não sabe o que são? Explicaremos logo à baixo:

  • Cheque cruzado significa que o cheque poderá ser pago apenas por meio de depósito na conta, não sendo possível escolher a opção de ser pago na boca do caixa. O cheque se torna cruzado quando é feito dois riscos paralelos no canto esquerdo do papel.
  • Cheque nominal significa que o cheque indica o nome completo do beneficiário do cheque. A consequência do cheque nominal é que o banco apenas poderá realizar o pagamento à pessoa determinada no cheque.

O cheque cruzado e nominal garantem maior segurança, uma vez que essas medidas impedem a pessoa retire o valor do cheque imediatamente na boca do caixa, bem como de terceiros sacarem o dinheiro em caso de roubo ou forto do talã de cheque.

Por isso, certifique-se de escrever o nome completo do beneficiário, assim como mencionado acima na etapa 3, e fazer os dois riscos paralelos na parte superior para cruzar o cheque.

Dicas úteis sobre cheque

  • Evite deixar espaço em branco nas linhas de preenchimento do cheque. Sempre faço um risco no restante do espaço em branco que não for utilizado.
  • Confira os dados preenchido em seu cheque antes de assiná-lo e entregá-lo como forma de pagamento. Se alguma informação estiver incorreta, você ainda poderá corrigir em outro talão de cheque.
  • Escreva os dados em letra legível para não dificultar o depósito ou compensação do cheque.
  • Evite assinar talões de cheques em branco para “economizar” tempo quando decidir utilizá-los. Se os seus talões forem roubados, o criminoso poderá compensá-los causando prejuízo.
  • Não rubrique no espaço destino para assinatura, mas escreva o seu nome completo com letra cursiva assim como está em seu RG.
  • Quando fechar a sua conta com o banco, rasgue todos talões de cheques do referido banco. Evite jogá-los fora sem alterar a sua qualidade.
  • Emita sempre que possível cheques nominais e cruzados para evitar maiores dores-de-cabeça com o cheque.
  • Anote todas as informações do cheque emitido em um canhoto para ter maior controle dos cheques e segurança no caso de algum problema.