Digio ou Nubank: qual o melhor cartão de crédito?

Nubank foi o cartão de crédito mais procurado entre os brasileiros desde que foi lançado em 2015. A start-up brasileira chamou atenção por ser o primeiro cartão de crédito a permitir que fosse gerenciado através de aplicativos e sem a cobrança de anuidade. O sucesso foi tão grande, que diversos brasileiros entraram em uma fila para conseguir a famosa “roxinha”, como apelidaram.

A popularidade do Nubank atraiu também a atenção de outros investidores que lançaram cartões de crédito com a mesma proposta para o público mais jovem. O Digio, lançado em 2016, também oferece o serviço de pagamento digital, sendo um dos rivais de mercado do Nubank. Por conta disso, muitos clientes ficam em dúvida em qual das duas operadoras oferece o melhor cartão de crédito.

Apesar das semelhanças, ao optar por um cartão é importante comparar as principais diferenças para saber qual é o melhor cartão de crédito. Nesse post vamos discutir sobre as vantagens de cada um e qual o melhor para você! Afinal, muitas pessoas ficam confusas se Nubank ou Digio é a melhor opção.

O que é Nubank?

A Nubank é uma start-up brasileira pioneira a oferecer um cartão de crédito e banco digital no Brasil. Conhecida como “roxinha”, ela conseguiu encontrar espaço entre grandes instituições financeiras que também oferecem crédito. O cartão de crédito funciona como os demais, mas a falta de cobrança da anuidade somado com a menor burocracia, tornaram ele rapidamente popular entre o público mais jovem.

O que é Digio?

Assim como a Nubank, a Digio também é uma operadora de cartão de crédito que também pode ser gerenciado por aplicativo de celular. A Digio tem características próximas ao oferecida pela pioneira Nubank, oferecendo também taxa de juros menores que os cartões de crédito de grandes instituições e financeiras e sem cobrança de anuidade do cartão.

Quais são as principais diferenças entre Nubank x Digio?

O Nubank e Digio são basicamente cartões de crédito sem anuidade e com serviço de pagamento online, ou seja, oferecem o mesmo diferencial no mercado, entretanto há vantagens para os seus clientes diferentes.

Bandeira

O cartão de crédito emitido pela Nubank tem a bandeira do Mastercard.

Por sua vez, a Digio emite o cartão de crédito com a bandeira do Visa. Ambas as bandeiras são aceitas em muitos estabelecimentos dentro e fora do Brasil.

Programa de fidelidade

O Nubank tem um programa de fidelidade chamado de “Rewards”. Nesse programa de pontos, a cada R$1 de compra pelo cliente, ele acumula um ponto. Ou seja, na compra de um livro de R$34 reais, você ganharia 34 pontos. Esses pontos podem ser utilizados para abater gastos com parceiros do programa, como a Netflix, Uber, Airbnb, Ingresso rápido, entre outros.

Por outro lado, a Digio não prevê nenhum programa de fidelidade para os seus clientes.

Taxa de juros

O valor da taxa de juros cobrada pela Nubank varia de 2,75% a 12% dependendo do perfil do cliente.

Por outro lado, a taxa de juros fixa cobrada pela Digio é de 7,80% a.m. Ou seja, independente do seu perfil, a taxa de juros se mantém nessa porcentagem.

Pagamento mínimo da fatura

A Nubank oferece crédito rotativos, ou seja, o cliente tem a opção de realizar o pagamento mínimo da fatura, e no mês seguinte pagar o restante acrescido de juros. O juros rotativo cobrado varia de acordo com o perfil do cliente, sendo em média cobrado 7%.

Por sua vez, o Digio não oferece a opção de pagamento mínimo da fatura. O cliente apenas pode pagar o valor inteiro da fatura. A falta do pagamento da fatura no mês faz incidir juros de 11% ao mês.

Parcelamento de dívida

A Nubank oferece a opção de parcelamento da dívida para seus clientes que estão endividados, e querem reorganizar o pagamento para não continuar inadimplente. A taxa de juros por parcelamento da fatura pode ser de 0,99% a 13,75% ao mês.

A Digio também oferece a oportunidade de fazer o parcelamento da dívida, sendo cobrada uma taxa de juros de 8,9% ao mês.

Empréstimo pessoal

O Nubank lançou recentemente a opção de empréstimo pessoal, que pode ser solicitada através de seu aplicativo. O valor mínimo de empréstimo previsto é de R$30, e o limite máximo pré-aprovado depende do perfil do cliente. A primeira parcela é apenas cobrada em 90 dias.

Não é oferecida a opção de crédito pré-aprovado no Digio.