Guias Financeiros

Como saber se devo declarar o imposto de renda em 2022

O prazo de entrega para fazer a declaração de imposto de renda em 2022 mudou para 31 de maio. Se você está se perguntando como saber se devo declarar o imposto de renda em 2022, esse artigo é feito para você!

Nesse ano, a Declaração de Imposto de Renda será recebida a partir do dia 1° de março até 31 de maio pela Receita Federal. É exigido a declaração do IR para todos os brasileiros que tenham recebido rendimentos superiores a R$ 28.559,70 em 2021. Há também outras situações previstas que estão listadas no site da Receita Federal.

Saber quem deve declarar imposto de renda 2022 é muito importante, pois a ausência de declaração de IR no prazo gera multa para o contribuinte. Essa multa cobrada pode variar de R$ 165,74 até 20% do valor do imposto devido. 

Ainda, enquanto a multa pela falta de declaração do IR não for paga pelo contribuinte, o  CPF adquire o status de pendente de regularização, o que dificulta desde a obtenção de crédito até a impossibilidade de ser nomeado em concurso público. 

Vale lembrar que é mais vantajoso para o contribuinte fazer a declaração no início do prazo estabelecido pela Receita Federal. A entrega mais cedo da declaração do IR garante a restituição também mais cedo para o contribuinte. O prazo para a receber a restituição começa em junho e termina em dezembro.

Quando começa a declaração de imposto de renda 2022

A declaração do imposto de renda em 2022 começou no dia 1° de março e, o prazo de entrega do IR foi extendido pelo governo até o dia 31 de Maio. Ou seja, 3 meses para que o contribuinte cumpra sua obrigação com o Leão. 

O prazo do IR é praticamente o mesmo dos últimos anos e, tempo suficiente para quem deve declarar imposto de renda em 2022 preparar toda a papelada e comprovantes que devem apresentados ao site da receita.

O que mudou na declaração de imposto de renda 2022

Isso mesmo,  houveram algumas mudanças na declaração do imposto de renda 2022, como por exemplo o acesso à declaração pré-preenchida e algumas alterações nas fichas do programa IRPF. O auxílio emergencial, por exemplo, deixou de ser obrigatório. 

Sobre a declaração pré-preenchida, a Receita Federal informou que será disponibilizada no formato online e em aplicativos, a partir de 15 de março. Mas atenção! Isso vale somente para quem tiver conta cadastrada no gov.br e para os níveis ouro e prata, aqueles que pedem certificado ou biometria. Tudo isso para aumentar a segurança de quem deve declarar o imposto de renda em 2022. 

Ainda, uma outra mudança foi a a ficha de “Bens e Direitos”. Agora ela tem nove grupos de bens e dentro de cada grupo códigos específicos, com intuito de organizar para o contribuinte do IRPF. Os grupos ficaram assim: 

  • bens imóveis; 
  • bens móveis;
  • participação societária;
  • aplicação e investimentos;
  • crédito; 
  • depósitos à vista e numerários;
  • fundos; 
  • criptoativos;
  • outros bens e direitos.

Outra novidade é a inserção obrigatória dos dependente de quem deve declarar o imposto de renda. Os dependentes devem ser informados, mesmo que não morem na mesma residência do titular. 

Sobre a restituição do IR, a principal mudança foi a forma de receber. Agora, além do credito em conta, também é possível receber um PIX, com o CPF vinculado à esta chave PIX.

Descubra se você deve declarar o Imposto de Renda em 2022

E como saber se devo declarar o imposto de renda em 2022? Muito simples, seguindo a tabela do IRPF, disponibilizada pela receita federal e que aponta quem deve declarar o imposto de renda ao Leão. 

Então, antes de declarar o ou contratar um contador para o IR, você deve  verificar se a sua situação está prevista entre as hipóteses de contribuintes aplicáveis e correr para não perder o prazo, que agora vai até o dia 31 de maio. 

Para facilitar a vida dos nossos leitores, vamos disponibilizar a tabela do imposto de renda 2022 abaixo, onde você pode conferir quem deve declarar, no caso de pessoa física. 

Tabela de Imposto de Renda 2022

Vejamos abaixo a tabela de imposto de renda 2022 para quem deve fazer a declaração, com as alíquotas cobradas, de acordo com a base de cálculo anual do IR, que é válida para 2022 (ano-calendário de 2021).

Base de Cálculo (R$)AlíquotaParcela a Deduzir do IR
Até R$ 22.847,76IsentoR$ 0,00
De R$ 22.847,77 até R$ 33.919,807,50%R$ 1.713,58
De R$ 33.919,81 até R$ 45.012,6015,00%R$ 4.257,57
De R$ 45.012,61 até R$55.976,1622,50%R$ 7.633,51
Acima de R$ 55.976,1627,50%R$ 10.432,32
Tabela IRPF 2022

Além disso, também há outras opções no programa de imposto de renda 2022 previstas pela Receita Federal:

  • Indivíduos com receita bruta superior a R$ 142.798,50 através de atividade rural;
  • Aqueles que se tornaram residentes no Brasil a partir de qualquer mês do ano passado, continuando nessa condição até o dia 31 de dezembro de 2021.
  • Indivíduos que ganharam capital na alienação de bens ou direitos, previstos como tributáveis, ou que efetuaram operações em bolsas de valores, bolsas de mercadorias e outras semelhantes, como ganhos com criptmoedas;
  • Quem precisa compensar prejuízos com a atividade rural de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário de 2021.
  • Todos aqueles que tinham a posse ou propriedade de bens ou direitos de valor acima de R$ 300 mil.

Não se confunda! Essas hipóteses que estão na tabela de imposto de renda 2022 são referentes a situações do ano passado, com ano-base 2021 e que devem ser pagas esse ano, por quem deve declarar o imposto de renda. 

Agora que você já sabe se precisa ou não declarar seu imposto de renda, precisa também escolher como fazer isso! 

Escolha o modelo de declaração do IR: simplificada ou completa

Quem deve declarar o imposto de renda em 2022 pode escolher entre dois modelos para entregar o seu documento do IR. A declaração simplificada e completa variam nas regras de dedução de gastos no I.R, por isso é importante saber a diferença entre elas. Conheça!

Na declaração simplificada o contribuinte tem um desconto padrão de 20%, ou seja, esse desconto substitui as deduções legais previstas na declaração completa, como despesas com a saúde e educação, por exemplo. O desconto previsto não pode ultrapassar o valor de R$ 16.754,34.

Por sua vez, a declaração completa do imposto de renda permite que o contribuinte tenha um desconto de acordo com as suas despesas com saúde, educação, dependentes, despesas médicas e contribuição patronal da previdência social do ano 2021. 

Vale lembrar que cada hipótese de declaração do IR 2022 tem um limite de dedução específico, apenas as despesas médicas que continuam sem limite, por isso, fique atento para não perder dinheiro. 

Valores que podem ser deduzidos do IR 

Alguns gastos podem ser deduzidos do imposto de renda. Veja os limites: 

  • Gastos com saúde ( o unico que nao possui limites)
  • R$ 3.561,50 por ano com despesas com educação do contribuinte, dependentes ou alimentandos;
  • Até 12% de rendimentos tributáveis por previdência complementar;
  • Soma das deduções de doações feitas para as crianças e adolescentes, os idosos e a cultura limitando-se a 6%;
  • R$ 2.275,08 por dependente, de acordo com a Receita Federal do Brasil. 

Faça a entrega da declaração do Imposto de Renda

Após escolher o modelo da declaração de I.R de sua preferência, o último passo é preencher a declação e entregar em uma das três opções previstas. É possível preencher a declaração pelo programa IR 2022 instalado no computador, pelo aplicativo “Meu imposto de Renda” por meio de um celular ou tablet, e diretamente pelo site da Receita.

Vamos agora explicar como preencher a declaração do IR 2022. Lembre-se de ter todos os documentos em mãos antes de começar e realizar o processo com tempo, prestando muita atenção às instruções do site dad receita. 

Passo a passo: como preencher a declaração

Agora, com os documentos em mãos, o primeiro passo é baixar o Programa Gerador da Declaração (PGD IRPF 2022) no site da Receita Federal. O programa está disponível desde o dia 7 de março. 

O contribuinte tambem pode optar por fazer a declaração do IR 2022por meio de smartphones ou tablets também pode baixar o aplicativo “Meu Imposto de Renda” no Google Play (para Android) ou na AppStore(iOS).

Já para os cidadãos que possuem o possuir certificado digital, o processo pode ser feito através do Centro Virtual de Atendimento e-CAC no site da Receita. 

O programa é bem simples de usar e ajuda o usuário no preenchimento dos dados. Todas as  instruções estão disponíveis a partir do menu “Ajuda” ou acionando a tecla “F1” no campo desejado. O contribuinte deve selecionar na “Tela de Entrada” “nova declaração”, “em preenchimento” ou “já transmitidas”.

Depois de escolher a opcao desejada é só seguir as instruções do site e completar todas as informações solicitadas. Pronto, você já está dentro do programa do imposto de renda 2022.

Como acompanhar a situação da declaração do IR

Depois de entregue, o contribuinte pode acompanhar a situação da declaracao do IR 2022. Para fazer o acompanhamento,  deve-se  acessar o item “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)”, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC).

Como declarar fundos de investimento no imposto de renda 2022

Alguns investimentos devem ser declarados no IR. Para aqueles que entram na regra obrigatoriedade da declaração, ou seja, os que tiveram  rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 ou valores não tributáveis acima de R$ 40 mil em 2021, ou ainda investiu qualquer valor na Bolsa, deve declarar os investimentos de todas as classes que tenha em carteira na Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física 2022 . 

No caso dos fundos de investimentos, muito populares nos últimos anos e, que podem ser  classificados em diferentes categorias e a sua tributação depende do período que o investidor manteve a sua aplicação.

Mas, como regra, todos os tipos de fundos de investimentos devem ser inseridos na declaração, em especial informações sobre  o saldo e também rendimento.

Para tanto, você deve usar o Informe de Rendimentos, cedido pela fonte pagadora, que contém todas as informações necessárias e  ir preenchendo os dados requeridos na declaração do IR 2022. 

Declaração de imposto de renda 2022 para MEI 

No caso do MEI é preciso ficar atento, pois ele precisa declarar o Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) caso se enquadre nas regras do Leão, como as que mostramos na tabela acima. Já o MEI somente será obrigado a declarar se tiver rendimentos isentos e não tributáveis acima de R$ 40 mil. 

Assim como a declaracao do imposto de renda de pessoa fisica, a DASN-SIMEI pode ser feita online. Vale lembrar que é preciso guardar notas fiscais emitidas ao longo do ano, que resultarão no faturamento anual ao serem somados. 

Acompanhe o passo a passo da declaração do IR para MEI: 

  1. Acesse o site do Simples Nacional;
  2. Procure a opção “DASN-SIMEI — Declaração Anual para o MEI”;
  3. Preencha CNPJ sem pontos ou traços, além dos caracteres especiais de segurança;
  4. Escolha “Original” no campo “Tipo da Declaração”, seguido do ano-base da declaração. Para a DASN-SIMEI 2022, escolha 2021;
  5. Informe o faturamento de cada atividade. Caso Se só tenha prestado atividades em um desses segmentos, preencha “0” (zero) nos outros campos;
  6. Na mesma tela, informe se teve ou não algum empregado registrado no período; 
  7. Confira o extrato com os pagamentos efetuados ao longo do ano-base e  clique no botão “Transmitir”;
  8. Lembre-se de salvar o recibo de entrega. 

Conheça o prazo de restituição do imposto de renda 

Os valores da restituição serão pagos em 2022 em cinco lotes, a partir de maio. O primeiro está previsto para o dia 31 de maio. Os demais serão pagos em junho (30), julho (29), agosto (31) e setembro (30).

Como sempre, existe uma lista de prioridade como idosos, portadores de doenças graves, deficientes físicos e mentais. E também, quem entrega primeiro, recebe primeiro a restituição, por isso não deixe a declaração para a última hora. Veja os lotes: 

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 29 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Se você ainda não começou, você pode baixar o APP para declaração de IR 2022 neste link!

Você também pode contar com a ajuda de um contador para saber como declarar seu imposto de renda 2022. Se você está com muitas dúvidas, é sempre melhor optar por uma ajuda especializada. Conte para a Financer qual a sua maior dificuldade na hora de declarar o IR, deixe seu comentário!

Advogada, especialista em gestão de negócios pela FGV. Atualmente cursando Pós Graduação em Finanças, Investimentos e Banking pela PUC.

Compartilhe em
Read Icon98 lido
Última atualização: novembro 5, 2022