O que é averbação no contrato de empréstimo consignado?

O empréstimo consignado é conhecido por ser o crédito com juros mais baixo e processo menos burocrático no mercado financeiro, mas muitas dúvidas podem surgir em quem se interessa por esse tipo de empréstimo. Uma das dúvidas mais comuns é sobre o que significa a averbação no contrato de empréstimo consignado.

Todo empréstimo solicitado por um cliente passa por um processo que começa desde a fase de cadastro de informações pessoais até o depósito do dinheiro na conta cliente. A averbação nada mais é do que uma das etapas do processo de liberação do empréstimo consignado.

O que é empréstimo consignado?

O empréstimo consignado é uma modalidade de crédito destinada para servidores públicos, aposentados ou pensionistas, e funcionários de empresas privadas. Esse é um tipo de empréstimo conhecido pelos seus juros baixos, uma vez que a instituição financeira sofre menos risco de inadimplência por conta da garantia da renda do cliente.

O pagamento das parcelas através do empréstimo consignado é realizado através do desconto diretamente da sua folha de pagamento ou contracheque. Essa segurança obtida pelo banco proporciona maior facilidade na contratação do empréstimo consignado, bem como prazos de pagamento maiores do que comparado com os outros tipos de empréstimo.

O que é a averbação no empréstimo consignado?

No contrato de empréstimo consignado, a averbação é a etapa na qual há a autorização de serem descontadas as parcelas do empréstimo consignado da da folha de pagamento ou do contracheque do cliente. Sem essa autorização, não há como a instituição financeira liberar o empréstimo o cliente.

Dessa forma, a averbação permite o comprometimento de parte do rendimento do cliente para o pagamento à instituição financeira que concedeu o empréstimo. É durante a fase de averbação que o banco tem a garantia de que o contrato será honrado pelo cliente.

Quem realiza a averbação no empréstimo consignado?

A instituição responsável pelo pagamento do cliente faz uma análise do valor do empréstimo, prazo de pagamento, taxa de juros, entre outras informações financeiras, em consideração durante a fase de averbação. É verificada a margem consignável, ou seja, as parcelas do empréstimo consignado não podem ultrapassar 30% da renda do cliente.

A averbação é feita pelo RH da empresa privada na qual empregados de carteira assinada trabalham. Já, no caso dos servidores públicos federais, o responsável pela averbação é o SIAPE do Governo Federal. E o INSS é o responsável pela averbação de aposentados e pensionistas.

Quanto tempo demora a averbação do empréstimo consignado?

O prazo de averbação varia entre 24 e 48 horas para ser finalizado pelo departamento responsável. Este prazo pode sofrer alteração dependendo de alguma complexidade no empréstimo do cliente.
Quanto mais rápido por feita a averbação, mais rápida é a liberação do empréstimo. Isto significa que ao fim, o empréstimo será depositado na conta bancária do cliente.