Saiba como fazer investimento com pouco dinheiro

  • abril 13, 2019
  • 4 min read
  • 1747 lê

Há um mito de que para fazer investimentos é necessário muito dinheiro. Na realidade, o que mais importa é o investimento adequado a sua necessidade e capital, e não apenas o quanto você tem para investir.

O mercado oferece várias opções adequadas para diferentes tipos de investidores, até mesmo aqueles com apenas 30 reais. Sim, é possível investir apenas com trinta reais! Nós separamos os principais investimentos para quem procura investir com pouco dinheiro sem correr risco de prejuízo ou burocracia ao investir.

Os investimentos abaixo são acessíveis a qualquer pessoa que tenha acesso à internet e um dinheiro reservado para garantir um rendimento para o seu futuro. Vejamos:

Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um título público emitido diretamente pelo governo federal. O governo negocia esses títulos com investidores com o objetivo de captar recursos para setores de responsabilidade do governo, como saúde, educação, dívidas públicas, entre outros.

O investimento no Tesouro Selic é a partir de R$30 reais e é considerado um investimento de baixo risco. As chances do governo não pagar a dívida são quase inexistentes, uma vez que o credor é o governo federal, o qual tem poder-dever de intervir na economia para torná-la estável.

Além disso, o Tesouro Selic é um investimento de renda fixa pós-fixado, o que significa que o rendimento do investimento será determinado após a sua aplicação. Não há possibilidade de que o investidor sofra prejuízos pelo seu investimento, uma vez que ela paga integralmente a variação da Taxa Selic.

Outro ponto interessante sobre o Tesouro Selic é que o investidor pode resgatar o seu rendimento a qualquer momento, tanto integralmente quanto apenas uma parte dele. Ou seja, o investidor ao investir no Tesouro Selic garante a possibilidade de resgate em um momento de emergência, sem sofrer prejuízos. Há apenas uma ressalva: antes do decorrer de 29 dias há a incidência do IOF.

Vantagens do Tesouro Selic

  1. O Tesouro Selic é mais rentável do que a conta poupança.
  2. É um investimento seguro e com o menor risco do mercado.
  3. Alta liquidez por conta da facilidade de resgate do investimento desde o prazo de até um dia útil.
  4. É um investimento acessível, principalmente para investidores iniciantes, podendo iniciar com R$30.

CDB

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é um título de renda fixa emitido pelo banco ao seu cliente. O investidor empresta uma quantia em dinheiro ao banco que será paga posteriormente pelo mesmo. O banco, por sua vez, emprestará o dinheiro fornecido pelo investidor para emprestar para outros clientes.

A partir de mil reais é possível comprar um título e aplicar no CDB. Basta que o investidor tenha acesso à internet e uma conta no banco escolhido. Através do Internet Banking, o cliente pode verificar as opções de título disponíveis e escolher a opção que mais se adequa com as suas necessidades.

É possível escolher entre título pós-fixado, pré-fixado, e híbrido. No entanto, o título pós-fixado é o mais frequente de ser escolhido, o qual tem a sua rentabilidade atrelada ao CDI. Isto quer dizer que o CDI determinará o índice de rentabilidade do investimento, da mesma forma como funciona a taxa Selic. O banco pagará ao investidor de acordo com o índice demonstrado pela CDI. Há títulos no mercado que oferecem rendimentos superiores a 100% do CDI.

Normalmente, a taxa de rendimento de bancos de pequeno e médio porte são maiores do que a estabelecida por grandes bancos. Da mesma forma, os pequenos e médios bancos também fixam prazos com vencimentos mais longos, que por consequência possuem maiores rendimentos.

Outro ponto positivo do investimento no CDB é a segurança de resgatar o valor do rendimento. O FGC (Fundo Garantidor de Crédito) assegura que o pagamento da dívida para investimentos de até 256 mil reais.

Vantagens do CDB

  1. É uma opção mais rentável em comparação com a conta poupança.
  2. É garantido o pagamento de até R$250 mil do investimento pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).
  3. Possui alta liquidez, podendo ser resgatado a qualquer momento antes do prazo do vencimento.
  4. Pode escolher entre título pré-fixado, a taxa de juros é determinada no dia da aplicação, ou pós-fixada, taxa de juros é vinculado com o CDI.

Autor Mariana Braga Dias

Uma advogada que se interessou pelo mundo das finanças e decidiu ajudar as pessoas a organizarem as suas vidas financeiras.

Compartilhe em
1747 lê
Publicado: abril 13, 2019
(Última atualização: julho 5, 2020)

Explore nossas seções