5 dicas para economizar no Natal

No mês de dezembro acontece a comemoração da data comemorativa mais lucrativa para o comércio: o Natal. Em clima natalino, as lojas e shoppings são enfeitadas para atrair os consumidores que procuram o presente ideal para a sua família. É nessa sensação de comunhão e prosperidade que muitas vezes os consumidores extrapolam as suas finanças.

Apesar de muitos brasileiros contarem com o 13° salário para fazerem algumas comprinhas a mais, é comum que muitas pessoas acabem se endividando e começando o ano seguinte em vermelho. Por isso, nós selecionamos algumas dicas para você economizar no Natal, e começar o próximo ano com o pé direito:

1. Defina o valor que gastará com os presentes de natal.

O valor estipulado para ser gasto na compra de presentes para a família e amigos deve ser adequado a sua situação financeira. Verifique a quantia de dinheiro que você pode dividir para fazer as compras sem que afete o cumprimento de suas responsabilidades.

Quando o indivíduo não define um limite de dinheiro para fazer essas comprovas de natal, ele fica mais vulnerável a passar de seu orçamento. É primordial que essa definição seja feita antes que você comece a comprar os presentes.

2. Evite comprar o presente de natal próximo da data.

Apesar do natal ser comemorado no mês de dezembro, as lojas e shoppings começam a colocar a sua decoração de natal no mês de novembro. Assim, fazer a sua compra de natal o quanto antes, é o melhor. Os preço das lojas tem a tendência de aumentar próximo da data festiva.

Além disso, os centros comerciais e shoppings ficam sujeitos a lotação nas vésperas do natal, o que pode resultar em frustração e estresse desnecessários para você. As filas são enormes e os produtos podem faltar no dia.

3. Faça uma lista dos presentes.

Fazer uma lista de presentes é uma forma prática de definir quais são as pessoas que você vai presentear e quais são os presentes que você pretende dar. Isso permite que você tenha uma visão do gasto com os presentes, bem como de evitar que você esqueça de presentear alguém.

Na lista de presente deve ser levado em consideração se o presente é necessário para a pessoa, bem como se o presente é adequado com a sua vontade. Afinal, não adianta comprar um presente que não será utilizado ou apreciado pelo indivíduo.

4. Faça as compras à vista, e evite parcelas.

Comprar os presentes à vista é a melhor estratégia para economizar dinheiro, e também evitar endividamento. As compras à vista permite que você negocie o valor do produto e consiga um desconto no preço. Dependendo do produto, você pode conseguir um desconto significativo no preço.

Comprar a prazo pode parecer atrativo em um primeiro momento, mas é uma das maiores razões de endividamento entre os brasileiros. Essa opção apenas deve ser levado em consideração caso o seu orçamento seja suficiente para quitar essas dívidas.

5. Pesquise o preço do presente em diferentes lojas.

Não compre o presente de natal sem pesquisar o preço em até 5 lojas diferentes. Ainda que a oferta do produto seja boa, é possível que exista outra oferta ainda mais em conta para o seu bolso. Essa pesquisa de preço pode parecer dispensável, mas somando todo dinheiro economizado em presentes fará diferença para o seu bolso.

A internet também deve ser utilizada na pesquisa de preço, oferecendo geralmente preços mais baratos do que em lojas físicas. No entanto, fique atento ao valor cobrado de frete e o tempo que a mercadoria levará para chegar a sua casa.