Queda na taxa de juros de crédito imobiliário chega a 7,30% ao ano

1 minuto

O aumento de competição entre os bancos fez diminuir drasticamente os juros cobrados no financiamento imobiliário. No momento atual, o consumidor pode encontrar crédito imobiliário com taxas de juros a partir de 7,30% em instituições financeiras.

Na última semana, a Caixa Econômica Federal anunciou a redução da taxa de juros cobradas para financiamento imobiliário através dos recursos do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo). Com a mudança no percentual de juros, a taxa mínima cobrada anterior de 8,5% ao ano diminuiu para 7,5% ao ano.

A partir de segunda-feira (14), a nova taxa de juros de 7,5% ao ano estará valendo para quem solicitar financiamento de imóvel. Esse corte na taxa de juros foi anunciada logo após a redução da taxa de juros de crédito imobiliário de um dos maiores bancos do Brasil: Itaú e Bradesco. Ambos bancos cortaram a taxa de juros a partir de 7,45% e 7,30% respectivamente.

Essa queda na taxa de juros foi influenciada pela queda da Selic, taxa básica de juros, que alcançou o patamar mais baixo da história, 5,50% ao ano. Economistas acreditam que até o final do ano a taxa Selic pode diminuir ainda mais e encerrar o ano em 5%.

O crédito imobiliário é uma linha de crédito que permite que o financiamento de até 80% do valor do bem pelo banco com ou sem garantia de imóvel. Essa modalidade de empréstimo permite que o cliente pague o crédito em até 30 anos, sendo um empréstimo de longo prazo e mais flexível para quem quer realizar o sonho de obter a casa própria.

Atualmente, o momento é ainda mais favorável para solicitar um empréstimo imobiliário por conta da queda da taxas de juros! A competição entre as maiores instituições financeiras para alcançar mais clientes, tornou a taxa de juros mais acessível para quem está interessado em adquirir o seu próprio imóvel.

×

Por favor classifique Queda na taxa de juros de crédito imobiliário chega a 7,30% ao ano